INSANIDADE COLETIVA: Dawkins fala sobre "Moralidade Absoluta"

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Dawkins fala sobre "Moralidade Absoluta"

2 comentários:

Porque creio disse...

Dawkins fugiu da pergunta.

Ele não perguntou sobre [códigos de leis] religiosos mas de uma [moral absoluta universal]. O que chamamos de amor, honra e o que nos faz ver que assassinar não é bom, por exemplo. O que não tem ligação necessaria com a religião.

Ele foi bem esperto em mudar a questão.

Achei engrçado foi a cara que o jornalista ao lado de Dawkins fez quando o cara perguntou se aquilo era irracional. Cara do tipo: "Se fudeu! Pra que foi perguntar assim?" kkkk

Darlisson disse...

A pergunta foi "não acha um ato irracional de fé (...)?" E ele respondeu muito claro e objetivo. Não. Um ato racional.

Como você falou, se não tem ligação necessária com a religião, então de onde viria a moral? Entre nós, seres humanos, veio através dos questionamentos e discussões racionais, como bem citou Dawkins. É como ele disse, a moral absoluta nas escrituras são seletivas, ou seja, isso é bom, isso é ruim. A moral evolui, concorda? Leia sobre o Zeitgeis moral, em 'Deus, um Delíro'. Então, seria incoerência falar em moral absoluta, pois sabemos, e isso é um FATO, a moral é relativa entre nossa raça. Muitos argumentam que uma moral relativa leva-nos a uma moralidade relativa e que essa não se sustenta, só uma moral absoluta sobressairia à essa. Isso nos leva a um vício cíclico desnecessário.