INSANIDADE COLETIVA: Desmascarando o dilúvio

terça-feira, 20 de abril de 2010

Desmascarando o dilúvio

Uma das histórias mais absurdas do Velho Testamento com certeza é a que relata o dilúvio e a Arca de Noé. Um besteirol sem limites, digno das mais profundas fantasias de uma psique desvairada da natureza humana. E o mais incrível é saber que existe gente tão ignorante que afirma por A + B que aquele monte de bobagens ocorreu tal como descrito no Gênesis.
Aqui analisaremos os absurdos científicos, geográficos e históricos. Calce seu pé de pato e venha conosco, pois tudo começa em Gênesis cap. 6
1. Quando os homens começaram a multiplicar-se sobre a terra, e lhes nasceram filhas,
2.
os filhos de Deus viram que as filhas dos homens eram belas, e escolheram esposas entre elas.
3. O Senhor então disse: “Meu espírito não permanecerá para sempre no homem, porque todo ele é carne, e a duração de sua vida será de cento e vinte anos.”
4.
Naquele tempo viviam gigantes na terra, como também daí por diante, quando os filhos de Deus se uniam às filhas dos homens e elas geravam filhos. Estes são os heróis, tão afamados nos tempos antigos.
5. O Senhor viu que a maldade dos homens era grande na terra, e que todos os pensamentos de seu coração estavam continuamente voltados para o mal.
6.
O Senhor arrependeu-se de ter criado o homem na terra, e teve o coração ferido de íntima dor.
7. E disse: “Exterminarei da superfície da terra o homem que criei,
e com ele os animais, os répteis e as aves dos céus, porque eu me arrependo de os haver criado.
Primeiramente, não eram todos filhos de Deus? Ou apareceu mais pessoas do nada? Estranho isso, posto que Deus (supostamente) criara tudo e todos. E estes “Filhos de Deus” apaixonam-se pelas filhas dos homens. Curioso. Então, deve-se admitir que são semi-deuses, certo? Isso é evidenciado no versículo 4, quando se diz que viviam gigantes sobre a terra. Mas, a religião judaica não é monoteísta? :shock:
No versículo 6, acontece algo desconcertante: Deus se arrepende!! Muito curioso mesmo, já que em Números 23:19 diz: Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa; porventura diria ele, e não o faria? Ou falaria, e não o confirmaria?.
A melhor enganação argumentação para isso, seria que Deus depois de ter se arrependido por ter criado os homens, seria imune ao arrependimento. Só que isso não se sustenta, tomando por base a atemporalidade de Deus. Isto é, Deus estaria (supostamente) fora das barreiras do tempo-espaço. E olhe que eu nem questionei o porque do arrependimento, já que Deus deveria saber de antemão o que ia acontecer por ele ser onisciente… ;-)
Observando o versículo 7, ficamos numa outra dúvida: Se foi o homem a causa do arrependimento de deus, por que aniquilar os animais também? Deus não poderia ter exterminado só o Homem? Afinal, Javé é onipotente, não?
Muito bem, agora vamos examinar como a gloriosa Arca foi feita, descrita Gênesis, cap. 6
14. Faze para ti uma arca de madeira resinosa: dividi-la-ás em compartimentos e a untarás de betume por dentro e por fora.
15. E eis como a farás:
seu comprimento será de trezentos côvados, sua largura de cinqüenta côvados, e sua altura de trinta.
16.
Farás no cimo da arca uma abertura com a dimensão dum côvado. Porás a porta da arca a um lado, e construirás três andares de compartimentos.
17. Eis que vou fazer cair o dilúvio sobre a terra, uma inundação que exterminará todo ser que tenha sopro de vida debaixo do céu. Tudo que está sobre a terra morrerá.
18. Mas farei aliança contigo: entrarás na arca com teus filhos, tua mulher e as mulheres de teus filhos.
19. De tudo o que vive, de cada espécie de animais, farás entrar na arca dois, macho e fêmea, para que vivam contigo.
20. De cada espécie de aves, e de cada espécie de quadrúpedes, e de cada espécie de animais que se arrastam sobre a terra, entrará um casal contigo, para que lhes possas conservar a vida.
Caso você não saiba, o côvado é uma antiga medida de distância; equivalente a mais ou menos dezoito polegadas (45,72 centímetros). Assim, temos uma arca com as seguintes medidas:
Comprimento: 300 x 45,72 = 137,16 metros
Largura: 50 x 45,72 =
22,86 metros
Altura: 30 x 45,72 =
13,76 metros

Gostaram? Mas o melhor é saber que só havia duas saídas. Uma porta lateral (citada no vers. 16) e uma janelinha (!) no topo com um côvado de dimensão, ou seja, 45,72cm. Uma arca meio abafada, não acham?
Para efeito de comparação, aqui estão as dimensões do Contratorpedeiro Pará:
Deslocamento (toneladas): 3.320-padrão / 3.585-plena carga
Dimensões (metros): 126,3 x 13,5 x 7,3 (sonar) / 4,4 (quilha)
Velocidade (nós): 27,5

Se considerarmos que a Arca tinha um formato estilo “caixa de sapato”, fácil é calcular o volume que ela ocupa para qualquer aluno do Ensino Fundamental. Basta multiplicar as dimensões. 137,16 x 22,86 x 13,76 = cerca de 43.144,17 m³. Parece muito? Mas, não é. Leve em conta que todos as espécies de animais estavam lá. Deveria haver um lugar para a comida, não só dos animais, mas para a família de Noé também, afinal se eles matassem um carneiro, estariam descumprindo as ordens de Deus. Outro detalhe importante é que haviam animais carnívoros. Como impedir que os leões atacassem as zebras? Como impedir que as raposas comessem os coelhos? E os gaviões, águias, abutres (estes últimos só se alimentam de carniça) etc? Para os herbívoros seria mais fácil? Fazem idéia do quanto os elefantes comem por dia?
Vamos examinar agora o critério para encher a Arca coma bicharada. Está muito bem descrito em Gênesis cap. 7
1. O Senhor disse a Noé: “Entra na arca, tu e toda a tua casa, porque te reconheci justo diante dos meus olhos, entre os de tua geração.
2. De todos os animais puros tomarás
sete casais, machos e fêmeas, e de todos animais impuros tomarás um casal, macho e fêmea;
3. das aves do céu igualmente
sete casais, machos e fêmeas, para que se conserve viva a raça sobre a face de toda a terra.
4. dentro de sete dias farei chover sobre a terra durante quarenta dias e quarenta noites, e exterminarei da superfície da terra todos os seres que eu fiz.”
5. Noé fez tudo o que o Senhor lhe tinha ordenado.
6. Noé tinha seiscentos anos quando veio o dilúvio sobre a terra.
7. Para escapar à inundação, entrou na arca com seus filhos, sua mulher e as mulheres de seus filhos.
8. Dos animais puros e impuros, das aves e de tudo que se arrasta sobre a terra,
9. entraram na arca de Noé,
um casal macho e fêmea, como o Senhor tinha ordenado a Noé.
O versículo 9 contradiz o versículo 2. Afinal, no vers. 2, Deus estipula sete casais de animais puros. Mas, o vers. 9 diz somente um casal. Conseguem imaginar tanto bicho assim junto? E numa caixa de sapato com apenas uma janelinha de menos de 46 cm no teto. Javé não pensou muito no conforto de seus passageiros. Parece a administração dos trens urbanos.
Agora, vamos nos ater ao período e eventos durante a chuvarada, descritos ainda no cap.7.
17. O dilúvio caiu sobre a terra durante quarenta dias. As águas incharam e levantaram a arca, que foi elevada acima da terra.
18. As águas inundaram tudo com violência, e cobriram toda a terra, e a arca flutuava na superfície das águas.
19. As águas engrossaram prodigiosamente sobre a terra, e cobriram
todos os altos montes que existem debaixo dos céus;
20. e elevaram-se
quinze côvados acima dos montes que cobriam.
21. Todas as criaturas que se moviam na terra foram exterminadas: aves, animais domésticos, feras selvagens e tudo o que se arrasta na terra, e todos os homens.
22. Tudo o que respira e tem um sopro de vida sobre a terra pereceu.
23. Assim foram exterminados todos os seres que se encontravam sobre a face da terra, desde os homens até os quadrúpedes, tanto os répteis como as aves dos céus, tudo foi exterminado da terra. Só Noé ficou e o que se encontrava com ele na arca.
24. As águas cobriram a terra pelo espaço de cento e cinqüenta dias.
Bom, vamos analisar melhor alguns pontos do que foi dito.
Primeiramente, vamos imaginar a seguinte cena: Noé, família e bicharada numa arca feita de madeira, impermeabilizada com betume (de onde ele tirou tanto betume?). Bom, as emanações dos gases hidrocarbonetos (que são inflamáveis) deveriam ter empesteado o ambiente (lembrem-se que só havia uma janelinha). Imagino que para alimentar os animais, deveriam usar lamparinas (não tinha como entrar luz, pois o aguaceiro não parava e, como dito antes, só havia uma janelinha.
Portanto, uma dessas duas coisas deveriam ter acontecido:
1) Todo mundo teria se asfixiado.
2) A Arca explodiria por causa da inflamação dos vapores combustíveis com uma mísera vela.
Agora, vamos imaginar uma cena pós chuvarada: Tudo alagado, nada vivo sobre a superfície da Terra. Corpos de animais e pessoas boiando (inclusive mulheres, velhos e crianças). A ação das bactérias e fungos iria causar o apodrecimento e o mau cheiro tomaria conta do mundo todo. Enquanto isso, Noé e família pouco se importavam, pois eles eram os únicos justos e Javé estava feliz com eles. Imagino o quão ruins eram aquelas criancinhas de colo…
Mas, e os fatores climáticos? De onde veio aquele aguaceiro? Bom, primeiro, vamos aprender sobre nuvens.
As nuvens são classificadas com base em dois critérios: aparência e altitude.
Com base na aparência, distinguem-se três tipos: cirrus, cumulus e stratus. Cirrus são nuvens fibrosas, altas, brancas e finas. Stratus são camadas que cobrem grande parte ou todo o céu. Cumulus são massas individuais globulares de nuvens, com aparência de domos salientes. Qualquer nuvem reflete uma destas formas básicas ou é combinação delas.
Com base na altitude, as nuvens mais comum na troposfera são agrupadas em quatro famílias: Nuvens altas, médias, baixas e nuvens com desenvolvimento vertical. As nuvens das três primeiras famílias são produzidas por levantamento brando sobre áreas extensas. Estas nuvens se espalham lateralmente e são chamadas estratiformes. Nuvens com desenvolvimento vertical geralmente cobrem pequenas áreas e são associadas com levantamento bem mais vigoroso. São chamadas nuvens cumuliformes. Nuvens altas normalmente tem bases acima de 6000 m; nuvens médias geralmente tem base entre 2000 a 6000 m ; nuvens baixas tem base até 2000 m. Estes números não são fixos. Há variações sazonais e latitudinais. Em altas latitudes ou durante o inverno em latitudes médias as nuvens altas são geralmente encontradas em altitudes menores.
Devido às baixas temperaturas e pequenas quantidades de vapor d’água em altas altitudes, todas as nuvens altas são finas e formadas de cristais de gelo. Como há mais vapor d’água disponível em altitudes mais baixas, as nuvens médias e baixas são mais densas.
TIPOS BÁSICOS DE NUVENS
FAMÍLIA DE NUVENS E ALTURA TIPO DE NUVEM CARACTERÍSTICAS
Nuvens altas
(acima de
6000 m)
Cirrus (Ci) Nuvens finas, delicadas, fibrosas, formadas de cristais de gelo.
Cirrocumulus (Cc) Nuvens finas, brancas, de cristais de gelo, na forma de ondas ou massas globulares em linhas. É a menos comum das nuvens altas.
Cirrostratus (Cs) Camada fina de nuvens brancas de cristais de gelo que podem dar ao céu um aspecto leitoso. As vezes produz halos em torno do sol ou da Lua.
Nuvens médias
(2000 - 6000 m)
Altocumulus
(Ac)
Nuvens brancas a cinzas constituídas de glóbulos separados ou ondas.
Altostratus (As) Camada uniforme branca ou cinza, que pode produzir precipitação muito leve.
Nuvens baixas
(abaixo de
2000 m)
Stratocumulus (Sc) Nuvens cinzas em rolos ou formas globulares, que formam uma camada.
Stratus (St) Camada baixa, uniforme, cinza, parecida com nevoeiro, mas não baseada sobre o solo. Pode produzir chuvisco.
Nimbostratus (Ns) Camada amorfa de nuvens cinza escuro. Uma das mais associadas à precipitação.
Nuvens com desenvolvimento vertical Cumulus (Cu) Nuvens densas, com contornos salientes, ondulados e bases freqüentemente planas, com extensão vertical pequena ou moderada. Podem ocorrer isoladamente ou dispostas próximas umas das outras.
Cumulonimbus
(Cb)
Nuvens altas, algumas vezes espalhadas no topo de modo a formar uma “bigorna”. Associadas com chuvas fortes, raios, granizo e tornados.
Observação: Nimbostratus e Cumulonimbus são as nuvens responsáveis pela maior parte da precipitação.
Fonte: http://fisica.ufpr.br/grimm/aposmeteo/cap6/cap6-2-2.html
Bom, segundo Gênesis 7:20, o nível das águas chegou a quase 7 metros (15 côvados x 45,72cm) dos picos mais altos. Considerando que o Everest tem cerca de 8.844 metros, as águas chegaram a 8.851 metros. É muita água! E mais um detalhe: As chuvas viriam de um lugar ACIMA das nuvens. Curioso hein? Ou seja, as nuvens estariam chovendo debaixo d’água. Claro que sempre há aqueles que defendem a idéia das fontes do paraíso. Uma idéia absurda. Mesmo porque, não há vapor d’água a determinada altura. E mesmo que houvesse, o frio transformaria a água em granizo. Então, as pessoas e animais não morreriam afogadas, mas de traumatismo craniano dado o tamanho das pedras de gelo. :-D
E ainda há alguns crédulos que alegam uma analogia estúpida de uma torneira imersa num balde. Muito conveniente… Ainda mais pelo fato desses indivíduos esquecerem que a água NÃO BROTA da torneira. Ela vem de um reservatório que fica em lugar alto. Mais alto que o referido balde. Assim, defender esta besteirona é, ou estupidez cavalar ou mau-caratismo intelectual. Você escolhe. :-P
Para cada 10 metros que um mergulhador desce no mar, a pressão (em atmosferas) sofre um acréscimo de uma unidade. Se ele descer a 20m, estará sob uma pressão de 3 atm (1 atm da pressão ao nível do mar, mais 2 atm porque ele desceu 20m). Com 8.851m, a pressão no que seria originalmente o nível do mar sofreria um acréscimo de mais de 880 atm !!! :shock:
Sob essa pressão, nada existiria sobre a Terra. Nenhuma pintura rupestre, fóssil ou mesmo as Pirâmides do Egito!! Mas, elas estão lá. E , mais engraçado, não há nenhum relatos dos povos sobre tal acontecimento.
Não tem? Tem sim! ;-)
Chama-se Epopéia do Gilgamesh. Foi dele que o Gênesis foi grandemente copiado. Afinal, o Gilgamesh é o escrito mais antigo que se tem notícia. Para baixar o texto do Gilgamesh, clique AQUI.
Bom, o resto do relato do Gênesis descreve as peripécias de Noé e Cia Ltda.
O dilúvio não passa de CBD (Conversa pra Boi Dormir). Uma cópia descarada de escritos mais antigos, travestido aos interesses dos judeus em explicar como Deus gosta de matar tudo e todos quando não seguem exatamente o que ele manda. E pior: Ainda insistem no chamado “livre-arbítrio”.
Para terminar, só nos resta algumas perguntas.
1. No meio daquelas pessoas todas, APENAS Noé e família prestavam?
2. Bebês, velhos, pessoas doentes e deficientes físicos mereciam o aniquilamento?
3. Mesma pergunta para animais e plantas.
4. De onde veio aquele aguaceiro? e Para onde ele foi? (favor responder
sem violar as Leis da Termodinâmica)
5. Como o planeta resistiu a enormes pressões e forças?
6. Por que ninguém mais viu o ocorrido?
7. Se é apenas um conto alegórico, como é que há gente que atesta que é tudo verdade? Baseado em que, elas falam isso?
8. Será que Noé não demonstrou compaixão por aqueles que foram mortos? Ele era de boa índole, não era?
9. Se Deus é tão poderoso, por que não fez as pessoas más ficarem boas? Onde está o perdão e a misericórdia divina?
10. Se Deus é onisciente, por que ele permitiu que a maldade se alastrasse? Por que ele não impediu antes?
Perguntas, perguntas e mais perguntas… Todas elas sem resposta.
Afinal, não se justifica o injustificável, nem se explica o inexplicável…
Enquanto isso, Noé e família descarregam tudo. Mantimentos, roupas e animais. E eles fazem isso cercados pelos cadáveres de pessoas, animais e plantas que foram mortos pelo dilúvio enviado pelo misericordioso Deus…

Fonte: CETICISMO.NET

17 comentários:

Anônimo disse...

darlison porque vc nao aceita a jesus para ele salvar a tua alma que ja está com vaga certa no inferno e para vc pensar porque vcs querem perfeiçao na terra visto que satanás tem a sujeitado quebrando a aliança que eus estabeleceu com adão porque vcs atacam jesus é pra deixar satanas livre para agir se vc não sabe se existe leis de química e fisica elas foram estabelecidas por Deus que pode quebralas quando quiser a única lei que é inviolável é a palavra dele se não ele estaria se negando EXISTEM TANTAS FALHAS NOS SEUS QUESTIONAMENTOS QUE VC NÃO IMAGINA SE QUISER FALAR SOBRE ELES ENTRE EM CONTATO COMIGO alexdesigns@bol.com.br

Darlisson disse...

EXISTEM TANTAS FALHAS NOS SEUS QUESTIONAMENTOS QUE VC NÃO IMAGINA; Existem tantas falhas nos seus ensinamentos da verdade absoluta que você nem imagina...

Anônimo disse...

LEMBRE-SE SEU IDIOTA:

PORQUE DELE, POR ELE E PARA ELE, SÃO TODAS AS COISAS.

Darlisson disse...

Tudo bem, mas dele nada sabemos, por ele idiotas fanáticos matam a troco de nada, para ele tudo atribuem, e o pior, ele nem consta.

RUBIAO EPAMINONDAS DE SA disse...

TODO ATEU E MAIS CRENTE DO QUE TODOS OS CRENTES.
BUSCAM FUNDAMENTOS,LEIS,TABELAS,COMPARAÇOES E MUITAS OUTRAS COISAS PARA DESACRETIDAR.
O ATEU CRE,ELE TENTA FUGIR,PODE FUGIR COM PALAVRAS,ESCRITOS E AÇOES,TODOS PODEM PENSAR QUE ELE NAO CRE EM NADA,ELE SO NAO CONSEGUE FUGIR DE SI MESMO. O CORAÇAO DELE E DE DEUS,ATRAVES DAS AÇOES DELE MUITOS MAIS PROCURAM A DEUS.

Darlisson disse...

RUBIA, troque ATEU e CRENTE de lugar, e inverta os prefixos antagônicos. Ai fica cada um na sua.

UNI-VERSO disse...

amizade por q vc naum cala a boca e vai ler um livro. . .se vcver a cronologia biblica vc vai intender

outro coisa vc eh ateu ???

Darlisson disse...

Não, não sou ateu. E se você ler a bíblia, mas LER mesmo, sem seguir o preceito interpretativo, nem dogmas religiosos, você vai terminar de ler e jogar este obsoleto livro no lixo. IMO.

laura disse...

Tenho estudado a biblia e vejo que vc se abstem só do que lê e se retrata a tudo quanto existe na ciencia matemática e etc....só sei te dizer amado....pense em teus conceitos revise e leia e interprete de forma que não seja tão cheio de presunção como se vc tivesse todas as respostas nem eu e nem vc e ninguém nesse mundo sabe o que realmente acontecerá....só sei te dizer que estamos vivendo no melhor tempo em que tudo é Graça...ai vc vai dizer ;e esse mundo do jeito que tá!!!mas te digo querido assim como o plano de Deus se cumpriu Ele veio Jesus nos justificou diante do Pai e o que tá acontecendo é só cumprimento da Palavra Lê meu amado até o final...vc vai ver ...ainda há tempo de vc ser salvo...resgatar a vida eterna ......senão só vai te restar o último acontecimento o julgamento diante do trono branco a condenação eterna junto com satanás esse mesmo aí que tá te aprisionando tua mente....bjs amado que vc seja abençoado ricamente por Deus.

Darlisson disse...

Laura, também estudo a bíblia e sei que ela não passa de mais um registro mitológico. Ser agnóstico me faz perceber o quão libertei minha mente. 'Apocalipse', 'fim de era' (...), a literatura bíblica é arcaíca abertas a distintas avaliações, cabível a maisĈc

Anônimo disse...

Prezado Darlisson

Apesar de discordar totalmente do seu posicionamento a respeito da existência de Deus, tenho que respeitá-lo, pois além de vivermos em uma democracia, Deus nos deu o livre arbítrio.

Entretanto, me incomodou bastante a maneira com a qual você se refere a nós, cristãos e temente ao único e verdadeiro Deus, generalizando denominações cristãs, debochando da nossa crença e nos chamando de homicidas, insanos e etc.

Li todo o seu texto e confesso que, da mesma forma que você acha a Sã Doutrina incoerente, eu achei a sua argumentação pobre e incapaz de despertar dúvida em uma pessoa minimamente informada.

Desejo que você consiga encontrar um pouco de paz, alegria ou esperança, pois enquanto lia o seu texto a única coisa que vinha à minha mente era o quanto você pode estar se sentindo perdido... Afinal, você é agnóstico, não é?

De toda sorte, nem tudo está perdido, pois você mesmo afirma que é um estudioso da Bíblia... Então, você deve saber que a Palavra de Deus nunca volta vazia.

Um fraternal abraço.
Cordialmente,
Daniele de Rosa




a

Anônimo disse...

Prezados visitantes que, assim como eu, professam a fé CRISTÃ.

Inicialmente quero esclarecer que sou visitante e nada tenho a ver com o autor desse blog.

Ocorre que não consigo me calar diante da forma como os senhores estão achincalhando o nome de DEUS, proferindo insultos, pronunciando palavras torpes.

Amados, o que é isso?

Gostaria de recordar aos senhores que não podemos tomar o Santo nome de Deus em vão. E isso quer dizer que toda vez que nos apresentamos como cristãos, temos que cuidar do nosso comportamento, caso contrário enlamearemos o nome do nosso Senhor e Salvador,

Lembrem-se que devemos ser moderados, pacíficos... lembrem-se, também, do exemplo do nosso Senhor Jesus Cristo quando, ao contender com satanás pelo corpo de Moisés, não proferiu qualquer palavra torpe, mas tão somente disse ' "que Deus te repreenda".

Irmãos, devemos ser como Cristo... Devemos ser luz e não trevas!!! Deus é amor, benignade, pacificidade...

Caro Darlisson, peço perdão a você pela insensatez desses meus irmãos em Cristo, pois ainda são meninos... meninos na fé.

Paz de Cristo à todos, sejam crentes, descrentes ou meninos.

Daniele de Rosa

Darlisson disse...

Cara Daniele de Rosa, veja bem, seu pedido de perdão não se faz necessário pois cada um responde por seus atos. E também, como é dispensável sua concepção acerca do agnosticismo, o qual nem sequer se fez presente para ser percebido como um equívoco. No mais, peço desculpas caso meus comentários lhe agridam ou lhe ofendam de alguma forma, mas jamais eles voltarão atrás, pois são sinceros e honestos, tais como os concebo em meu consciente. No mais, muita paz pra você.

Anônimo disse...

Olá Darlisson.

Há bastante tempo eu li uma frase em um livro ( livro secular,viu!) que dizia mais ou menos o seguinte: Doam-se conselhos, mas não se inspiram condutas"

Interessante, não acha?

Na realidade os teus comentários não me ofendem, pois
Não tenho a pretensão de viver em uma homogenia Ademais, você está no teu espaço e eu sou a "estranha no ninho" aqui. Assim, ou me comporto com educação ou pego a minha viola...

Você já fez a sua escolha. O problema é seu.

Mas no que tange meus irmãos na fé... O discurso muda e o problema passa a ser meu também, razão pela qual senti a vontade de me manifestar e de pedir perdão por eles.

Alguns de nós são assim, Darlisson.

Sempre que me deparo com esse tipo de comportamento eu me manifesto e acompanho por determinado período o desenrolar dos fatos.

Eu procuro fazer a minha parte.

Obrigada pelo espaço e espero tê-lo utilizado adequadamente.

Fraternalmente
Daniele de Rosa

Darlisson disse...

Há algum tempo eu li uma frase em um livro (bíblia 'sagrada', viu!) 'Se alguém tiver um filho contumaz e rebelde, que não obedeça à voz de seu pai e à voz de sua mãe, e que, embora o castiguem, não lhes dê ouvidos, seu pai e sua mãe, pegando nele, o levarão aos anciãos da sua cidade, e à porta do seu lugar; e dirão aos anciãos da cidade:

- Este nosso filho é contumaz e rebelde; não dá ouvidos à nossa voz; é comilão e beberrão.

Então todos os homens da sua cidade o apedrejarão, até que morra; assim exterminarás o mal do meio de ti; e todo o Israel, ouvindo isso, temerá.'

Interessante, não acha?

Eu fiz a minha escolha. O mérito é meu.

É curioso como um circo inteiro é montado quando alguém fala sobre seu agnosticismo ou ateísmo, sua opinião e/ou pensamentos. Mas, nada pode se opor à IMPOSIÇÃO da 'verdade absoluta do universo, no que "tange a grande maioria deste país, no que se refere a pessoa humana" e sua explêndida criação, como num truque ao melhor estilo David Coperfield e tudo que implica e caracteriza tal ocorrido...'

Sou humano, natural do planeta terra, sistema solar, via Láctea. De onde vim? Pra onde vou? Não sei, quero saber, mas aceito minhas limitações, temporárias ou não, pois a ciência evolui para todos, inclusive para sí, pois devemos sempre desconfiar, principalmente do que é cientificamente comprovado.

Agnosticamente
DBarros


Alguns de 'nós' são assim, de Rosa.

Anônimo disse...

Muito confusa a sua resposta, caro Darlisson.

De toda sorte, achei interessantíssimo o TRECHO (e não frase) da Sã Doutrina que você citou. Eu poderia até discorrer um pouco sobre ele, mas a temática do blog e diametralmente oposta... deste modo, me abstenho.

Terminarei o meu comentário com outra frase, qual seja:
" um texto fora do contexto é tão somente um pretexto"

Termino por aqui a minha participação neste espaço.
Obrigada e Paz de Cristo. Daniele de Rosa

Darlisson disse...

Cara de Rosa, " um texto fora do contexto é tão somente um pretexto"; se bem cito estes dizeres (acima citados), não é como pretexto, tentando descontextualizá-lo para torná-lo ferramente conveniente. Poderia transcrever toda a bíblia aqui, e não teria analogia nem apologia cristã que contextualiza-se tal frase, de modo a expressar sentido diferente.

A velha falácia do contexto, da interpretação, da metáfora, da gota fora do oceano...

As abominações e aberrações contidas em citado livro são, por sí, meros registros literários, mitológicos, dramáticos. Mas nada como uma boa enrolação pró-religiosa pra mascarar toda a incoerência e insanidade por trás de tamanha falha moral.

Fica na paz!
agnosticamente,
DBarros.