INSANIDADE COLETIVA: O Novo Testamento - Refutado

segunda-feira, 15 de março de 2010

O Novo Testamento - Refutado



O Novo Testamento, também conhecido por Escrituras gregas, é o nome dado à parte da Bíblia  que foi escrita após o nascimento de Jesus. Os autores dos livros do Novo Testamento da Bíblia  teriam sido os apóstolos João, Mateus, Judas Tadeu, Tiago, Pedro e Paulo, além dos discípulos João, Marcos e Lucas, não sendo descartável a hipótese de haver autores desconhecidos pois até hoje se discute se Paulo teria escrito a epístola  aos hebreus. Como se pode ver, a bíblia é tão confusa quanto incerta, por que não dizer também, fantasiosa. Leia por que a bíblia não merece um crédito de confiança. texto por Marcio Cannibal Strzalkowski. Confira:




Jesus era o messias previsto?


Não. Umas das falácias mais comuns no novo testamento é que Jesus seria o Messias previsto no Antigo Testamento. Citam Isaías :7;14 para falar do Messias. Mas o caso é que o Messias apresentado em Isaías :7;14 se chama claramente de Emanuel. Confira:

Isaías 7

14 Portanto, o mesmo Senhor vos dará um sinal: eis que uma virgem conceberá, e dará à luz um filho, e será o seu nome Emanuel.


No novo testamento, temos a mesma afirmativa. O nome do Messias previsto é Emanuel. Mas o que mostra claramente que Jesus não é o Messias previsto, são as missões que o Messias deveria fazer. Vou colocar as mais berrantes. Jesus deveria ter trazido o conhecimento do verdadeiro deus a todo o mundo:

Isaías 11

9 Não se fará mal nem dano algum em todo o meu santo monte, porque a terra se encherá do conhecimento do SENHOR, como as águas cobrem o mar.


Jesus deveria ter ressuscitado os mortos. Não apenas alguns, mas todos, inclusive os ímpios:

Daniel 12

2 Muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna, e outros para vergonha e horror eterno. Trazer paz ao mundo


Isaías 2

4 Ele julgará entre os povos e corrigirá muitas nações; estas converterão as suas espadas em relhas de arados e suas lanças, em podadeiras; uma nação não levantará a espada contra outra nação, nem aprenderão mais a guerra.


O cristianismo não trouxe paz ao mundo, na verdade, trouxe mais guerras ainda. Também não vemos nenhum morto ressuscitado por ai... A não ser em filmes de Zumbis.



Se Jesus fez tantos milagres, por que os judeus não o adotaram como filho de deus?

Porque Jesus não foi o unico a fazer milagres na cultura judaica. Não foi nem o único e nem o mais importante.


Elias e a ressurreição de uma criança

I Reis 17

20 E clamou ao SENHOR e disse: Ó SENHOR, meu Deus, também até a esta viúva, com quem eu moro, afligiste, matando-lhe seu filho?

21 Então, se mediu sobre o menino três vezes, e clamou ao SENHOR, e disse: Ó SENHOR, meu Deus, rogote que torne a alma deste menino a entrar nele.

22 E o SENHOR ouviu a voz de Elias; e a alma do menino tornou a entrar nele, e reviveu.

23 E Elias tomou o menino, e o trouxe do quarto à casa, e o deu a sua mãe; e disse Elias: Vês aí, teu filho vive.

24 Então, a mulher disse a Elias: Nisto conheço, agora, que tu és homem de Deus e que a palavra do SENHOR na tua boca é verdade.


Eliseu, Elias, Moisés e outros também “efetuaram” milagres como a cura de doenças, ressurreições e outros tantos milagres. O povo judeu já conhecia esses milagres e não acreditou em Jesus. E qual a explicação? Provavelmente a explicação é que os milagres de Jesus eram tão verdadeiros quanto os milagres do Pastor Edir Macedo¹. Isso sem mencionar que muitos “milagres” de Jesus eram plagio direto de outros Deuses.

Como ele ter transformado água em vinho igual a Dionísio², deus do vinho. Ter andado sobre as águas como Dionísio, ter pregado a paz e ter sido tentado pelo demônio no deserto como Buda e o mais bizarro; Ter exorcizado uma legião de demônios de um homem e colocado sobre os porcos de uma criação em pleno Israel. Onde não se criam porcos.

_____________________________________________________________________________
1 Para todo efeito legal Edir Macedo precisa provar que seus milagres são verdadeiros e que não é um simples golpista e explorador.
2 Baco na versão Romana



Os ‘milagres’ de Jesus eram mesmo de Jesus?


Não. A história narrada no novo testamento está cheia de milagres e simbolismos de outras culturas e crenças. Conspirações a parte, entre a suposta história de Jesus e o ato de escolher quais evangelhos seriam escolhidos para ensinar a “versão oficial”, houve uns bons séculos.Bons exemplos de milagres e simbologias de outras culturas:


Horus (egípcio) 3000 a.C.
Nasceu dia 25 de dezembro; Nascimento espetacular, a deusa Ísis-Meri com Osíris;
Nascimento acompanhado por uma estrela a Leste; Estrela seguida por 3 reis;
Aos 12 anos, era uma criança prodígio; Batizado aos 30 anos; Começou seu ministério aos
30; Tinha 12 discípulos e viajou com eles; Operou milagres e andou sobre as águas;
Era chamado de Filho de Deus, Luz do Mundo, A Verdade, Filho adorado de Deus, Bom Pastor, Cordeiro de Deus, etc;
Foi traído, crucificado, enterrado e ressuscitou 3 dias depois.

Attis (Frígia – Roma) 1200 a.C.
Nasceu dia 25 de dezembro;
Nasceu de uma virgem;
Foi crucificado, morreu e foi enterrado; Ressuscitou no 3º dia;

Krishna (hindu – índia) 900 a.C
Nasceu dia 25 de dezembro;
Nasceu de uma virgem;
uma estrela avisou a sua chegada;
Fez milagres;
Após morrer, ressuscitou.

Dionísio (Grego) 500 a.C
Nascimento espetacular da coxa de Zeus no dia 25 de dezembro; Foi peregrino (viajante);
Transformou água em vinho; Chamado de Rei dos reis, Alpha e ômega;
Era chamado de Filho pródigo de Zeus;
Após a morte, ressuscitou;

Nos três casos apresentados, os Deuses curaram doentes, ressuscitaram mortos, pregavam seus ensinamentos, faziam milagres ligados a água e bebidas alcoólicas, andavam com 12 seguidores. Tudo por causa do simbolismo da astrologia. O nascimento do Sol no dia 25 de Dezembro, 12 signos, morte e renascimento, cura, ressurreição e água. A noção de vida após a morte vem de outros deuses e culturas. O Judaísmo nem mesmo possui a crença em vida após a morte.

Jesus era completamente puro e justo?

“Por que transgredis vós também o mandamento de Deus pela vossa tradição? Porque Deus ordenou, dizendo: Honra a teu pai e a tua mãe; e: Quem maldisser ao pai ou à mãe, que morra de morte.”
Jesus (Mateus 15, 3 e 4)

A frase acima se refere claramente a pena de morte para um crime imperdoável há 2000 anos atrasados atrás. A Pena de Morte para o filho que se desligar da fé judaica. Não importando a idade, se afastar da religião é punível com a morte. Assim como seguir os seus preceitos. Obedecer, trabalhar e estudar religião. Jesus cometeu crimes, condenou cidades a destinos piores que os de Sodoma e Gomorra só por não ouvir as suas pregações.

Ensinava a falta de educação e higiene. Partiu para a violência com mercadores dentro de um templo judaico sendo que, pregava os seus ensinamentos sobre paz e amor em vales. Na verdade, sobre paz e amor entre aqueles que o escutassem. Discriminando aqueles de outras crenças.

“E, quanto àqueles meus inimigos que não quiseram que eu reinasse sobre eles, trazei-os aqui e matai-os diante de mim.”
Jesus (Lucas 19:27)
Muito disso foi por influencia da religião judaica violentíssima na época. Para Jesus, é perfeitamente natural que se mate os infiéis pecadores ou que se corte a própria mão se a mesma te fizer pecar. Arrancar o próprio olho se ele desejar algo dos outros também é valido e matar crianças que se afastaram da fé é justo.

Deus era todo paz e amor como Jesus pregava?


Não. Deus é completamente maligno, assassino, mentiroso e manipulador segundo a própria bíblia. Entre seus massacres mais conhecidos dos relatos bíblicos estão um dilúvio, o assassinato dos primogênitos do Egito, dentre os quais estavam inúmeras crianças e a destruição de Sodoma e Gomorra. Além de suas assistência pessoal em guerras. Todas as coisas ruins que deus fez não caberiam nesta pagina, portanto só colocarei as coisas mais berrantes.


Deus manda matar outros povos por suas crenças.
Massacre midianita (Numeros. 31, 1-35) 90.000 pessoas mortas
Cananeus e farizeus (Juizes 1,4) 10.000 pessoas mortas
Etíopes (2 Cronicas. 14:9-14) 1.000.000 pessoas mortas
Judeus que adoraram um Deus Bezerro de Ouro (Exodus. 32, 27-28) 3.000 pessoas mortas

Deus também mata quando bem quer e sem motivo.
Numeros 16, 49: 14.700 pessoas mortas apenas por reclamar
Juizes. 7, 2-22: 120.000 Midianitas obrigados por Deus a se matarem uns aos outros
2rs. 2:23-24: Deus manda duas ursas matar 42 crianças inocentes
2 Samuel.24:13: Aparentemente, deus matou 70.000 pessoas por causa de um censo

E inúmeros outros massacres e assassinatos. Fazendo um levante, Deus teria matado mais de dois milhões de pessoas só pra mostrar que é “bom”. Toda pessoa tem o direito a sua crença, mas o que deveria existir mesmo é o incentivo ao Bom Senso.
“Vai, pois, agora, e fere a Amaleque, e destrói totalmente tudo o que tiver, e não lhe perdoes; porém matarás desde o homem até à mulher, desde os meninos até aos de peito, desde os bois até às ovelhas e desde os camelos até aos jumentos.”
Deus em I Samuel 15; 3

Jesus ressuscitou?

Leiam atentamente com os seus próprios olhos. As 4 narrações bíblicas da ressurreição.
Mateus 28
1 E, no fim do sábado, quando já despontava o primeiro dia da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro. 2 E eis que houvera um grande terremoto, porque um anjo do Senhor, descendo do céu, chegou, removendo a pedra, e sentou-se sobre ela. 3 E o seu aspecto era como um relâmpago, e a sua veste branca como a neve. 4 E os guardas, com medo dele, ficaram muito assombrados e como mortos.

Marcos 16
1 E, passado o sábado, Maria Madalena, Salomé e Maria, mãe de Tiago, compraram aromas para irem ungi-lo. 2 E, no primeiro dia da semana, foram ao sepulcro, de manhã cedo, ao nascer do sol, 3 e diziam umas às outras: Quem nos revolverá a pedra da porta do sepulcro? 4 E, olhando, viram que já a pedra estava revolvida; e era ela muito grande. 5 E, entrando no sepulcro, viram um jovem assentado à direita, vestido de uma roupa comprida e branca; e ficaram espantadas. 6 Porém ele disse-lhes: Não vos assusteis; buscais a Jesus, o Nazareno, que foi crucificado; já ressuscitou, não está aqui; eis aqui o lugar onde o puseram.

Lucas 24
1 E, no primeiro dia da semana, muito de madrugada, foram elas ao sepulcro, levando as especiarias que tinham preparado. 2 E acharam a pedra do sepulcro removida. 3 E, entrando, não acharam o corpo do Senhor Jesus. 4 E aconteceu que, estando elas perplexas a esse respeito, eis que pararam junto delas dois varões com vestes resplandecentes. 5 E, estando elas muito atemorizadas e abaixando o rosto para o chão, eles lhe disseram: Por que buscais o vivente entre os mortos?

João 20
1 E, no primeiro dia da semana, Maria Madalena foi ao sepulcro de madrugada, sendo ainda escuro, e viu a pedra tirada do sepulcro. 2 Correu, pois, e foi a Simão Pedro e ao outro discípulo a quem Jesus amava e disse-lhes: Levaram o Senhor do sepulcro, e não sabemos onde o puseram. 11. E Maria estava chorando fora, junto ao sepulcro. Estando ela, pois, chorando, abaixou-se para o sepulcro. 12. E viu dois anjos vestidos de branco, assentados onde jazera o corpo de Jesus, um à cabeceira e outro aos pés. 13. E disseram-lhe eles: Mulher, por que choras? Ela lhes disse: Porque levaram o meu Senhor, e não sei onde o puseram.

Os relatos se contradizem completamente. Eles se contradizem mesmo em relação a única testemunha comum em todos os relatos. Sinal claro de mentira e invenção. Jesus não ressuscitou.

Jesus Voltará?


Não. Jesus marcou hora pra voltar durante a vida dos apóstolos a mais de 2000 anos atrás. E não voltou.Vejam suas próprias palavras descritas por todos os seus apóstolos.

Mateus 16
28 Em verdade vos digo que alguns há, dos que aqui estão, que não provarão a morte até que vejam vir o Filho do Homem no seu Reino.

Mateus 24
34 Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas essas coisas aconteçam.

Nota: Além de prometer voltar para Marcos, ele também prometeu voltar para o próprio sacerdote que o condenou a morte.

Mateus 26
64 Disse-lhes Jesus: Tu o disseste; digo-vos, porém, que vereis em breve o Filho do homem assentado à direita do Todo-poderoso e vindo sobre as nuvens do céu.

Marcos 9
1 Dizia-lhes também: Em verdade vos digo que, dos que aqui estão, alguns há que não provarão a morte sem que vejam chegado o Reino de Deus com poder.

Marcos 13
30 Na verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas essas coisas aconteçam.

Lucas 9
27 E em verdade vos digo que, dos que aqui estão, alguns há que não provarão a morte até que vejam o Reino de Deus.

Lucas 21
32 Em verdade vos digo que não passará esta geração até que tudo aconteça.


Jesus era pra ter voltado. Seus apóstolos esperaram o resto da vida dizendo que ele iria voltar e dizem até hoje que ele vai voltar. Mas ele NÃO voltará. Vejam só, ele sequer existe.

18 comentários:

Porque creio disse...

Poxa, ele sequer existe! rsrs

É melhor você avaliar as informações que recebe, principalmente sobre as contradições do NT e a existencia de Jesus. Se observar, as comparações desses deuses com Jesus não fazem o minimo de sentido.

Parece que já foi o tempo em que faziam criticas relevantes e fortes a bíblia...

Depois são os cristãos que tem uma fé cega, e acreditam em qualquer coisa sem questionar.

Darlisson disse...

Porque creio, como está registrado no próprio post, o texto não foi escrito por mim. É um artigo escrito por outrem, você pode concordar ou não. Você já procurou ler a respeito dos deuses citados? Lê a Epopéia de Gilgamesh, e compara com o antigo testamento, será coincidência?

Porque creio disse...

Darlisson, sim, já li a epopeia de Gilgamesh, e não vejo nenhum problema. Alias, não é só Gilgamesh que relata coisas parecidas com o Antigo Testamento, principalmente o diluvio, mas isso se vê em outros povos (com uma distancia muito grande, por sinal). Isso só mostra que alguma imundação de grande proporção aconteceu na antiguidade.

Quanto aos deuses, já procurei observar, e não tem nada de parecido. O conceito de morte, ressurreição, e ser "Filho de Deus" deles são diferentes, a forma de nascimento também.

A unica comparação de morte e ressurreição que se assemelha a de Jesus, foi escrita centena de anos depois, o que mostra que copiaram do cristianismo, não o contrário.

Vários textos no seu blog são muito interessantes, por isso sempre estou visitando. Mas realmente dizer que Jesus foi uma cópia de mitos, por exemplo, já caiu em descredito há muito tempo.

Alguns textos e videos interessantes:

http://porquecreio.blogspot.com/2010/02/zeitgeist-movie.html

http://adcummulus.blogspot.com/2009/12/significancia-de-jesus-e-escala-richter.html

http://adcummulus.blogspot.com/2010/04/significancia-de-jesus-e-escala-richter.html

http://porquecreio.blogspot.com/2010/02/zeitgeist-movie.html

http://rodrigogospel.blogspot.com/2009/05/napoleao-nunca-existiu-sua-vida-e.html


Abraços

Darlisson disse...

Zeitgeist refutado... não agënto mais refutarem o Zeit, refutam o refuto e por aí vai...
Essa história de ciência criacionista é um pé-no-saco. Assim como ciência-ateísta, pois partem do pre suposto de que estão certos. Acredito na ciência da hipótese, que SE, INDICA PARA, EVIDÊNCIAS, TEORIAS DE QUE. Não confio muito nessa história de É ISSO E PONTO! E TAL! E TAL!
Volto a afirmar, ninguém sabe sequer o que é deus. Falam de ser inteligente e perfeito, limitando os conceitos ao humano -inteligência humana-, à sua imagem e semelhança nem de longe engloba tal conceito.

Porque creio disse...

Nunca vi uma resposta à refutação de Zeitgeist. Alias, o que já vi foram vários estudiosos de Jesus historico criticando por não haver base.

Darlisson disse...

Pra quem usa a bíblia como base, é de se admirar a alta contestação que os criacionistas insistem em fazer a respeito dos estudos hitóricos, geológicos e científicos. Há aqueles que não concordam com as datações atuais, pois é inconcebível segundo a bíblia. Mas imagine a terra, com suas várias camadas, um bolo de casamento com seus vários recheios não se forma de uma vez, é preciso camada por camada, cada uma a seu tempo, mas há os que insistem em dizer que foi tudo criado de uma única vez, todas as camadas simultaneamente, pois assim está coerente com a bíblia. "Quando descobrir por que rejeita todos os outros deuses possíveis, entenderá por que rejeitam o seu."

Porque creio disse...

Apesar de não ser criacionista, não vejo ilogica em pensar que um Deus onipotente tivesse criado. Sobre as datações, nem mesmo os cientistas são unanimes.

Mas não sei o que isso tem com o Zeitgeist.

Darlisson disse...

"Apesar de não ser criacionista..."; sendo cristão, o mínimo que esperava era que fosse criacionista. Se não foi criação, o que foi então? acaso? Não são unânimes na precisão, mas meio milhão pra lá ou pra cá não muda muita coisa. Nem eu sei o que tem a ver com o Zeitgeist. E por que teria que ter?

Porque creio disse...

Eu não sou criacionista no sentido que Deus criou o planeta em sete dias literais. Há os que acrditam que Deus criou o planeta em milhares de anos. Já que o relato da criação não diz nada tão especifico.

Eu era um evolucionista teísta, mas deixei de ser, e, como disse outra vez, sou como um agnostico sobre esse assunto.

Prefiro me importar mais com Jesus e sua mensagem.

Abraços!

Porque creio disse...

"Nem eu sei o que tem a ver com o Zeitgeist. E por que teria que ter?"

Porque é o que estavamos falando, rsrs

Darlisson disse...

O relato da criação, Gênesis, afirma que foram 6 dias da criação, e no sétimo ele descansou (?). Muitos continuam no processo de 'interpretar' a bíblia, pois essa foi feita por Deus, e que teriam sido, os três primeiros dias de 1000 anos cada. Catando uma frase aqui e outra ali, foi o máximo da analogia que conseguiram. 3003 anos e o sétimo dia ainda corre... Desde a criação, após os 3003 anos, veio o sétimo para descansar, e segundo apologistas ele ainda descansa, ainda estamos no sétimo dia (?). Como vê, cada um tem a bíblia que lhe convêm.

Darlisson disse...

Se deus deixou a bíblia para ser um guia aos homens, é de se esperar, que no mínimo, ele se utilizasse de uma linguagem inteligível. Observado isso, seriam então seis dias, de vinte quatro horas cada, tal como a conhecemos. Descansou no sétimo. O fato de a bíblia relatar que ele ainda descansa, não implicaria dizer que ainda descansa ao sétimo dia.

Porque creio disse...

A bíblia foi um guia para os homens sobre a Soberania e os propósitos de Deus, não uma enciclopedia cientifica.

Deus deseja ensinar os homens que são pecadores, mas que Ele amou de tal forma que pagou a pena que nós deveriamos pagar. Conta a história da salvação e a preparação disso.

É isso que deve ser entendido, e não os dias da criação (que por sinal, a analogia que fez não faz sentido algum)

Darlisson disse...

"Deus deseja ensinar os homens que são pecadores, mas que Ele amou de tal forma que pagou a pena que nós deveriamos pagar."

No ato da criação, Javé já sabia e já tinha preparado o sacrifício de Nazareno. "deseja ensinar', como a bíblia nos ensina, ele é onisciente e nada o que faça mudará p curso já sabido por Jah.

(que por sinal, a analogia que fez não faz sentido algum); eu não sou o autor da analogia, apenas citei o que escuto de apologistas, principalmente fontes Adventistas.

Porque creio disse...

Sim, Deus já sabia tinha preparado o sacrifício de Jesus. Segundo a bíblia, Jesus é o cordeiro imolado desde a eternidade.

Darlisson disse...

Então, concluo eu, que não faz sentido o 'juízo final', se ele sabe de tudo, nada adiantará, pois não mudará o curso que já é sabido por Javé. Por exemplo, onisciente que é, sabia que se testasse 'Adão' e 'Eva', com a regra do fruto proibido eles falhariam, então não foi um teste justo. Benevolente que é, por que faria isso sabendo que os transformariam em pecadores? Prepotente que é, tem seu poder limitado ao fato de não poder mudar o curso, uma vez que já é sabido por ele. Então, partindo do pre-susposto de seus poderes infinitos, não faz o menor sentido tentar mudar as coisas, pois, assim como o 'cordeiro', todos já têm o rumo traçado e nada podem fazer para mudá-los. Assim, penso eu com meus botões, só posso me inclinar a acreditar que essa história não passa de mais uma entre tantas outras, tal qual aquelas que você chama de mitologia. Assim como o cristianismo é mito para os não-cristãos, que representam + - 2/3 da população mundial.

Porque creio disse...

Sim, ele já sabia disso tudo.

Por que fez? Pra respeitar nossas escolhas. Seria muito mesquinho deixar de criar um ser humano só porque ele escolheria não estar com você. Isso seria transformar a humanidade em objeto.

Quando a mudar o curso, ele fez. Cristo mudou o curso que a humanidade tomaria, e no final vamos entender muito do que não faz sentido agora.

Abraços!

Darlisson disse...

No final? Quando? Mudou o curso? Se seu sacrifício já estava planejado desde o início dos tempos. Uma vez, sendo assim, o curso já era esse, não mudou. Se eu sei que vou ter que cortar o fio para apagar a luz, e preparo uma lâmina para cortá-lo antes mesmo de acender, o curso dela já implicaria em estar apagada. 'Deus não queria criar robôs...', mas sabia que seriamos pecadores, então não há teste, é puro castigo.
Imo.